STEM BRASIL

STEM – Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática

STEM Brasil é um programa completo de formação de 2 anos, de alta qualidade, para professores de matemática e ciências naturais. O programa possui abordagem prática baseada em técnicas inovadoras para elevar o nível do currículo de física, química, biologia e matemática das escolas públicas, com 304 atividades práticas, aplicáveis nos três níveis de ensino brasileiros (Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e Ensino Médio). Cada atividade combina conteúdos curriculares da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) com competências e Habilidades do Século XXI.

Inovação Para as Escolas Públicas

O Aluno no Centro da Aprendizagem
O foco da aula não é o professor, e sim os alunos que desenvolvem atividades práticas, exercitando seu protagonismo e habilidades empreendedoras, preparando o jovem para o mundo real.

O Professor como Agente de Mudança
O beneficiário direto da formação é o professor, ampliando o impacto da metodologia a milhares de alunos pelo Brasil. Além das formações presenciais, o professor recebe suporte contínuo por meio de nossa exclusiva Comunidade de Aprendizagem Virtual (CAV). 

Estrutura Básica do Programa
120 horas de formação presencial, workshops e suporte por 2 anos; 60 horas de formação online e suporte através da Comunidade de Aprendizado Virtual (CAV); visitas e avaliações.

Material de Laboratório na Escola
Em 11 anos, o STEM Brasil já investiu mais de 9 milhões de reais equipando laboratórios escolares em 21 estados.

Tecnologia
Tecnologias de programação com base em softwares livres como o Arduino, Geogebra e Scratch, são ferramentas amplamente utilizadas nas atividades.

Prossões
Códigos QR disponíveis em todas as atividades para que alunos possam entender melhor como se dá a aplicação dos conteúdos aprendidos em diversos campos de trabalho.

Habilidades do Século XXI
As atividades STEM Brasil incorporam Habilidades do Século XXI, como resolução de problemas, trabalho em equipe, pensamento crítico e comunicação, essenciais para os desafios profissionais do futuro.

Resultados do STEM Brasil

Desde sua implantação no Brasil no ano de 2009, o STEM Brasil já atendeu 1.096 escolas em 21 Estados. 

Avaliação

A Educando desenvolveu alguns instrumentos de avaliação para medir o impacto do STEM Brasil no desempenho dos professores e nos resultados dentro da sala de aula. Por meio de questionários preenchidos pelos professores, gestores e alunos de cada uma das escolas participantes, a Educando faz um levantamento de dados qualitativos relevantes para entender a aceitação e performance do programa. Com esses resultados, é possível construir uma análise estatística, demonstrando mudanças no comportamento e na atitude dos alunos e dos professores. Essas variações são consideradas os principais indicadores de sucesso do programa. 

  • 88% das escolas mantêm as atividades STEM Brasil após o ciclo de 2 anos;
  • 80% das escolas consideram o STEM Brasil importante pelo uso dos laboratórios;
  • 74% das escolas relatam maior aplicação e estímulo das atividades práticas após implementação do STEM Brasil.

Além disso, a Educando monitora exames oficiais, nacionais e estaduais, analisando a diferença de resultados entre as escolas participantes do programa com outras escolas públicas. Isso mostra de forma quantitativa que o STEM Brasil tem um impacto positivo nos resultados obtidos pelos alunos em avaliações oficiais.

De acordo com as notas oficiais da SARESP – Secretaria da Educação do Estado de São Paulo: 

  • 84% das escolas participantes do STEM Brasil demonstraram um aumento de 20% nas notas de matemática dos alunos.

    Relatos dos Alunos do STEM Brasil

    Aqui estão apenas algumas de suas histórias (clique nas fotos).

    Aplicação na Sala de Aula

    O sucesso das capacitações é levado às salas de aula de forma prática. Os professores aplicam o aprendizado e divulgam o seu trabalho em publicações na Comunidade de Aprendizagem Virtual (CAV).

    • Mais de 8.000 postagens de professores na CAV;
    • Mais de 20.000 fotos publicadas na CAV;
    • Professores relatam fazer 15% mais relações entre conteúdo, prática e profissões em sala de aula;
    • Aumento geral de 7% nas notas em prova dos alunos nas disciplinas STEM;
    • As médias das escolas participantes no ENEM subiram 7 pontos em Matemática e 19 pontos em Ciências da Natureza;
    • 17,7% dos alunos subiram na categoria de aprendizagem considerada Abaixo do Básico em matemática;
    • Observou-se uma redução de quase 5% em abandono e reprovação escolar nas escolas participantes;
    • 56% do total geral de alunos assinalam preferência por seguir carreira em profissões STEM;
    • Observou-se um aumento de 72% em participações de escolas em Feiras de Ciências.

    Paridade de Gênero

    94% das alunas acreditam que o aprendizado de Ciências da Natureza e Matemática traz boas oportunidades para suas vidas.


    64% das alunas indicam interesse em seguir uma profissão STEM em áreas como saúde, engenharia e informática.


    77% das alunas relatam que ao concluir o ensino médio continuariam estudando, ingressando em um curso técnico ou em um curso de graduação.

    Apoiadores

    Educando reconhece com gratidão os doadores que apoiam o STEM Brasil.